Massagens

Uma das maneiras de induzir o êxtase numa mulher é dar-lhe massagens. Existem dois tipos de massagem: a relaxante e a erótica.

A massagem relaxante é dada com uma pressão média, enquanto na erótica pressionamos muito ao de leve, quase só passando a ponta dos dedos na pele. As unhas dão uma sensação mais erótica do que a pele, pelo que os homens podem, por vezes, virar a mão ao contrário e passar-lhes as unhas.

Para terem uma noção da pressão a utilizar numa massagem erótica, experimentem passar a ponta dos dedos na parte de parte interior do braçodentro do braço (perto do ombro) e antebraço (perto do pulso), nos sítios indicados a vermelho na figura. Vão aplicando várias pressões, da mais forte para a mais fraca e notarão que quanto menos pressão fizerem na pele, mais excitante é.

Massagem erótica

Pés

Os pés sempre foram considerados um símbolo de feminilidade, o que levou a que eles andassem escondidos, tamanho era o pudor.

Hoje em dia, é vê-las de pés arejados, principalmente no Verão. Contudo, podem dispensar um tempito para massajá-los, quer faça sol, quer chova.

massajar planta dos pésPara iniciar a relação, sem forçar nada, nada melhor que lhes dar uma massagem nos pés, para relaxar. Apliquem uma certa força e massajem-lhes a planta do pé, sobretudo nas zonas indicadas. Podem também apertar a ponta dos dedos.

Depois de acabarem a massagem relaxante, massajem a zona logo atrás do tornozelo, um dedo de cada lado, em tenaz, e apertando com alguma força, o que contribui para um relaxamento (logo, é com alguma força), dando uma impressão de se estar a flutuar.

Posto isto, passemos a uma massagem sensual, passando os dedos muito ao de leve em todo o flanco dos pés, de um lado e de outro, mas semprepé na zona indicada a vermelho, logo acima da planta dos pés. Comecem por passar os dedos por baixo do tornozelo e depois avancem até aos dedos. Aí podem passar ao de leve na zona a meio dos dedos, mas sem afastá-los. A parte de cima é excitável.

Para os mais ousados, e desde que elas tratem bem esta zona do corpo, nada melhor que passar a ponta da língua nos mesmos lugares: flancos e dedos do pé, só para vê-las gritar  e pedir mais! As dentaditas nos dedos ficam mesmo para os muito activos sexualmente. Mas esses, elas saberão recompensá-los!

Costas, nádegas e pernas

Deitem a vossa parceira na cama, de barriga para baixo, e sentem-se em cima das suas coxas, logo abaixo das nádegas, para poderem chegar à zona que vai das nádegas aos ombros.

Aplicando uma pressão mínima, massajem-lhe a nuca, zona interior das coxasnão esquecendo os lados do pescoço. Desçam e massajem-lhe as costas, as nádegas e logo abaixo das nádegas, na parte interior das coxas, também é muito excitante. A parte de trás dos joelhos, na junção, também funciona como o cotovelo, dando muito prazer. Como estão sentados em cima dela, não a deixam fugir e é vê-la contorcer-se de prazer.

Por essa altura, já está na hora de desferir o golpe final: peçam-lhe que coloque ambos os braços estendidos, rente ao corpo, mas com ângulo suficiente para poderem tocar-lhe na parte interior do antebraço.

Apliquem-lhe variadas pressões eróticas (pouca força) ao longo do braço até à zona vinco do cotoveloda mão. Possivelmente a parte mais excitável será a parte interior do braço (entre o ombro e o cotovelo, como indicado mais acima a vermelho) e o vinco, ou junção interna do cotovelo.

Experimentem passar as unhas, com a palma da mão virada para cima, caso elas sejam muito curtas. E, mesmo com os dedos, façam movimentos muito suaves e muito lentamente.

Se persistirem algum tempo elas entram em êxtase. Mas tomem atenção, para não causar cócegas, pois aí o efeito será totalmente diferente do que pretendem.


Navegue com um browser seguroGet Firefox!

Site optimizado para Firefox - 1024X768

Site construído
com NVUDocument made with Nvu